OFERTA FORMATIVA

Não existem ações.

Ref. 102T3 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-109944/20

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas

Início: 22-10-2021

Fim: 07-12-2021

Regime: Presencial

Local: On-line

Formador

Liliana Manuela Cruz Melo

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira dos grupos 110, 120, 200, 210, 220, 230, 240, 250, 260, 290, 300, 310, 320, 330, 340, 350, 360, 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550, 560, 600, 610, 620, 910, 920, 930, TEC.ESP.. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1

Razões

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores da Comissão Europeia (doravante DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa contribuir para desenvolver as CD dos docentes do sistema educativo e formativo nacional (nível 1) e a sua capacidade para implementar estratégias inovadoras de ensino e de aprendizagem. Ambiciona-se, assim, criar condições favoráveis a práticas educativas que se revelem promotoras do desenvolvimento de CD dos alunos. Conjuntamente com esta formação, serão submetidas outras duas, articuladas ao nível da progressão dos conteúdos.

Objetivos

Esta ação de formação pretende desenvolver com os docentes de nível 1 (A1/A2 do DigCompEdu) um conjunto de conhecimentos e estratégias que lhes permita desenvolver CD do nível seguinte (B1/B2 do DigCompEdu). São objetivos específicos: - promover o desenvolvimento das CD dos docentes, tendo em vista as 6 áreas do referencial DigCompEdu; - capacitar os docentes para a realização de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino; - capacitar os docentes na utilização significativa de ambientes e ferramentas digitais e definição de estratégias diversificadas de integração destes em contexto educativo; - capacitar os docentes para a implementação de atividades promotoras da aprendizagem e o desenvolvimento das CD dos alunos.

Conteúdos

1. Documentos enquadradores das políticas educativas atuais associados ao Plano nacional de Transição Digital. 2. Envolvimento profissional: Exploração de opções digitais para colaboração e comunicação institucional e melhoria da prática profissional. 3. Recursos Digitais: Exploração, seleção e adequação de RED ao contexto de aprendizagem. Utilização de RED interativos. 4. Ensino e Aprendizagem: Exploração de estratégias de ensino e de aprendizagem digital. Integração significativa de RED na melhoria de atividades de ensino e aprendizagem. 5. Avaliação das aprendizagens: Exploração de estratégias de avaliação digital. Melhoria das abordagens de avaliação através de soluções digitais. 6. CD dos Alunos: Exploração de estratégias de promoção e uso pedagógico de tecnologias digitais. Utilização de ferramentas e estratégias para suporte ao desenho e implementação de atividades de promoção da CD dos alunos. 7. Planificação de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino.

Metodologias

As sessões presenciais são destinadas à exploração do DigCompEdu e reflexão sobre a articulação entre as áreas de competência; à realização de atividades práticas de partilha, suportadas por um ambiente colaborativo; à exploração de ferramentas digitais para o desenvolvimento de atividades de aprendizagem promotoras da colaboração, comunicação e avaliação; à planificação e criação de atividades a implementar na escola, que promovam o desenvolvimento das CD docente e, simultaneamente, dos alunos; à reflexão crítica sobre o desenvolvimento profissional docente. Em específico, na componente de trabalho autónomo, pretende-se assegurar a implementação das atividades planificadas nas sessões presenciais, em situações reais de ensino-aprendizagem com alunos, articulando o DigCompEdu com o respetivo currículo, e a reflexão sobre as práticas desenvolvidas. Na última sessão, os formandos apresentarão os resultados dessas atividades, com evidências, proporcionando-se a discussão e a partilha.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Bibliografia

Comissão Europeia (2020). Blended learning in school education – guidelines for the start of the academic year 2020/21. Disponível em: https://www.schooleducationgateway.eu/pt/pub/resources/ publications/blended-learning-guidelines.htm Comissão Europeia (2018). Plano de Ação para a Educação Digital. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:52018DC0022&from=EN Lucas, M., & Moreira, A. (2018). DigCompEdu: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores. Aveiro: UA Editora. Licht, A.H, Tasiopoulou, E., & Wastiau, P. (2017). Open Book of Educational Innovation. European Schoolnet, Brussels. Disponível em: http://www.eun.org/documents/411753/817341/ Open_book_of_Innovational_Education.pdf Ministério da Educação (2017). Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Lisboa: ME

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 22-10-2021 (Sexta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
2 05-11-2021 (Sexta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 09-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 11-11-2021 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 16-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 23-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 30-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 07-12-2021 (Terça-feira) 18:00 - 22:00 4:00 Online síncrona

Ref. 102T2 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-109944/20

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas

Início: 20-10-2021

Fim: 09-12-2021

Regime: Presencial

Local: On-line

Formador

Liliana Manuela Cruz Melo

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira dos grupos 110, 120, 200, 210, 220, 230, 240, 250, 260, 290, 300, 310, 320, 330, 340, 350, 360, 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550, 560, 600, 610, 620, 910, 920, 930, TEC.ESP.. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1

Razões

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores da Comissão Europeia (doravante DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa contribuir para desenvolver as CD dos docentes do sistema educativo e formativo nacional (nível 1) e a sua capacidade para implementar estratégias inovadoras de ensino e de aprendizagem. Ambiciona-se, assim, criar condições favoráveis a práticas educativas que se revelem promotoras do desenvolvimento de CD dos alunos. Conjuntamente com esta formação, serão submetidas outras duas, articuladas ao nível da progressão dos conteúdos.

Objetivos

Esta ação de formação pretende desenvolver com os docentes de nível 1 (A1/A2 do DigCompEdu) um conjunto de conhecimentos e estratégias que lhes permita desenvolver CD do nível seguinte (B1/B2 do DigCompEdu). São objetivos específicos: - promover o desenvolvimento das CD dos docentes, tendo em vista as 6 áreas do referencial DigCompEdu; - capacitar os docentes para a realização de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino; - capacitar os docentes na utilização significativa de ambientes e ferramentas digitais e definição de estratégias diversificadas de integração destes em contexto educativo; - capacitar os docentes para a implementação de atividades promotoras da aprendizagem e o desenvolvimento das CD dos alunos.

Conteúdos

1. Documentos enquadradores das políticas educativas atuais associados ao Plano nacional de Transição Digital. 2. Envolvimento profissional: Exploração de opções digitais para colaboração e comunicação institucional e melhoria da prática profissional. 3. Recursos Digitais: Exploração, seleção e adequação de RED ao contexto de aprendizagem. Utilização de RED interativos. 4. Ensino e Aprendizagem: Exploração de estratégias de ensino e de aprendizagem digital. Integração significativa de RED na melhoria de atividades de ensino e aprendizagem. 5. Avaliação das aprendizagens: Exploração de estratégias de avaliação digital. Melhoria das abordagens de avaliação através de soluções digitais. 6. CD dos Alunos: Exploração de estratégias de promoção e uso pedagógico de tecnologias digitais. Utilização de ferramentas e estratégias para suporte ao desenho e implementação de atividades de promoção da CD dos alunos. 7. Planificação de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino.

Metodologias

As sessões presenciais são destinadas à exploração do DigCompEdu e reflexão sobre a articulação entre as áreas de competência; à realização de atividades práticas de partilha, suportadas por um ambiente colaborativo; à exploração de ferramentas digitais para o desenvolvimento de atividades de aprendizagem promotoras da colaboração, comunicação e avaliação; à planificação e criação de atividades a implementar na escola, que promovam o desenvolvimento das CD docente e, simultaneamente, dos alunos; à reflexão crítica sobre o desenvolvimento profissional docente. Em específico, na componente de trabalho autónomo, pretende-se assegurar a implementação das atividades planificadas nas sessões presenciais, em situações reais de ensino-aprendizagem com alunos, articulando o DigCompEdu com o respetivo currículo, e a reflexão sobre as práticas desenvolvidas. Na última sessão, os formandos apresentarão os resultados dessas atividades, com evidências, proporcionando-se a discussão e a partilha.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Bibliografia

Comissão Europeia (2020). Blended learning in school education – guidelines for the start of the academic year 2020/21. Disponível em: https://www.schooleducationgateway.eu/pt/pub/resources/ publications/blended-learning-guidelines.htm Comissão Europeia (2018). Plano de Ação para a Educação Digital. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:52018DC0022&from=EN Lucas, M., & Moreira, A. (2018). DigCompEdu: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores. Aveiro: UA Editora. Licht, A.H, Tasiopoulou, E., & Wastiau, P. (2017). Open Book of Educational Innovation. European Schoolnet, Brussels. Disponível em: http://www.eun.org/documents/411753/817341/ Open_book_of_Innovational_Education.pdf Ministério da Educação (2017). Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Lisboa: ME

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 20-10-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
2 27-10-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 03-11-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 10-11-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 17-11-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 24-11-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 02-12-2021 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 09-12-2021 (Quinta-feira) 18:00 - 22:00 4:00 Online síncrona

Ref. 103T7 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-109946/20

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas

Início: 20-10-2021

Fim: 07-12-2021

Regime: Presencial

Local: On-line

Formador

Carla Sofia da Silva Ferreira Cardoso

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira dos grupos 110, 120, 200, 210, 220, 230, 240, 250, 260, 290, 300, 310, 320, 330, 340, 350, 360, 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550, 560, 600, 610, 620, 910, 920, 930, TEC.ESP.. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1

Razões

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa contribuir para desenvolver as CD dos docentes do sistema educativo e formativo nacional (nível 2) e a sua capacidade para implementar estratégias inovadoras de ensino e de aprendizagem. Ambiciona-se criar condições favoráveis a práticas educativas que se revelem promotoras do desenvolvimento de competências digitais dos alunos. Conjuntamente com esta formação, serão submetidas outras duas, articuladas ao nível da progressão dos conteúdos.

Objetivos

Esta ação de formação pretende desenvolver com os docentes de nível 2 (B1/B2 do DigCompEdu) um conjunto de conhecimentos e estratégias que lhes permita desenvolver CD do nível seguinte (C1/C2 do DigCompEdu). São objetivos específicos: - promover o desenvolvimento, aprofundamento e densificação das CD dos docentes, tendo em vista as 6 áreas do referencial DigCompEdu; - capacitar os docentes para a realização de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino; - capacitar os docentes para a implementação de atividades que promovam a aprendizagem e o desenvolvimento das CD dos alunos; - estimular a reflexão, partilha e utilização crítica das tecnologias em contexto educativo.

Conteúdos

Os conteúdos da ação surgem, em sentido articulado e incremental, com os conteúdos da formação de nível 1. - Documentos de enquadramento das políticas educativas. - Envolvimento profissional: Discussão, renovação e inovação na prática profissional. Processos de liderança na era digital. - Recursos Educativos Digitais (RED): Utilização de estratégias e RED avançados de forma abrangente. Promoção da utilização de RED de forma colaborativa. - Ensino e Aprendizagem: Renovação da prática de ensino de forma estratégica e intencional. Inovação no processo de ensino e de aprendizagem em diferentes modalidades de ensino. - Avaliação das aprendizagens: Reflexão crítica sobre estratégias de avaliação digital. Inovação na avaliação das aprendizagens com recursos a soluções digitais. - CD dos Alunos: Promoção da CD dos alunos de forma abrangente e crítica. Inovação no envolvimento dos alunos utilizando formatos inovadores para promover a sua CD. - Planeamento da formação e aprendizagem ao longo da vida.

Metodologias

As sessões presenciais são destinadas à exploração do DigCompEdu e reflexão sobre a articulação entre as áreas de competência; à realização de atividades práticas de partilha, suportadas por um ambiente colaborativo; à exploração de ferramentas digitais para o desenvolvimento de atividades de aprendizagem promotoras da colaboração, comunicação e avaliação; à planificação e criação de atividades a implementar na escola, que promovam o desenvolvimento das CD docente e, simultaneamente, dos alunos; à reflexão crítica sobre o desenvolvimento profissional docente. Em específico, na componente de trabalho autónomo, pretende-se assegurar a implementação das atividades planificadas nas sessões presenciais, em situações reais de ensino-aprendizagem com alunos, articulando o DigCompEdu com o respetivo currículo, e a reflexão sobre as práticas desenvolvidas. Na última sessão, os formandos apresentarão os resultados dessas atividades, com evidências, proporcionando-se a discussão e a partilha.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Bibliografia

Comissão Europeia (2020). Blended learning in school education – guidelines for the start of the academic year 2020/21. Disponível em: https://www.schooleducationgateway.eu/pt/pub/resources/ publications/blended-learning-guidelines.htm Comissão Europeia (2018). Plano de Ação para a Educação Digital. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:52018DC0022&from=EN Lucas, M., & Moreira, A. (2018). DigCompEdu: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores. Aveiro: UA Editora. Licht, A.H, Tasiopoulou, E., & Wastiau, P. (2017). Open Book of Educational Innovation. European Schoolnet, Brussels. Disponível em: http://www.eun.org/documents/411753/817341/ Open_book_of_Innovational_Education.pdf Ministério da Educação (2017). Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Lisboa: ME

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 20-10-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
2 26-10-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 02-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 04-11-2021 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 11-11-2021 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 18-11-2021 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 25-11-2021 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 07-12-2021 (Terça-feira) 18:00 - 22:00 4:00 Online síncrona

Ref. 103T6 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-109946/20

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas

Início: 19-10-2021

Fim: 30-11-2021

Regime: Presencial

Local: On-line

Formador

Carla Sofia da Silva Ferreira Cardoso

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira dos grupos 110, 120, 200, 210, 220, 230, 240, 250, 260, 290, 300, 310, 320, 330, 340, 350, 360, 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550, 560, 600, 610, 620, 910, 920, 930, TEC.ESP.. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1

Razões

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa contribuir para desenvolver as CD dos docentes do sistema educativo e formativo nacional (nível 2) e a sua capacidade para implementar estratégias inovadoras de ensino e de aprendizagem. Ambiciona-se criar condições favoráveis a práticas educativas que se revelem promotoras do desenvolvimento de competências digitais dos alunos. Conjuntamente com esta formação, serão submetidas outras duas, articuladas ao nível da progressão dos conteúdos.

Objetivos

Esta ação de formação pretende desenvolver com os docentes de nível 2 (B1/B2 do DigCompEdu) um conjunto de conhecimentos e estratégias que lhes permita desenvolver CD do nível seguinte (C1/C2 do DigCompEdu). São objetivos específicos: - promover o desenvolvimento, aprofundamento e densificação das CD dos docentes, tendo em vista as 6 áreas do referencial DigCompEdu; - capacitar os docentes para a realização de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino; - capacitar os docentes para a implementação de atividades que promovam a aprendizagem e o desenvolvimento das CD dos alunos; - estimular a reflexão, partilha e utilização crítica das tecnologias em contexto educativo.

Conteúdos

Os conteúdos da ação surgem, em sentido articulado e incremental, com os conteúdos da formação de nível 1. - Documentos de enquadramento das políticas educativas. - Envolvimento profissional: Discussão, renovação e inovação na prática profissional. Processos de liderança na era digital. - Recursos Educativos Digitais (RED): Utilização de estratégias e RED avançados de forma abrangente. Promoção da utilização de RED de forma colaborativa. - Ensino e Aprendizagem: Renovação da prática de ensino de forma estratégica e intencional. Inovação no processo de ensino e de aprendizagem em diferentes modalidades de ensino. - Avaliação das aprendizagens: Reflexão crítica sobre estratégias de avaliação digital. Inovação na avaliação das aprendizagens com recursos a soluções digitais. - CD dos Alunos: Promoção da CD dos alunos de forma abrangente e crítica. Inovação no envolvimento dos alunos utilizando formatos inovadores para promover a sua CD. - Planeamento da formação e aprendizagem ao longo da vida.

Metodologias

As sessões presenciais são destinadas à exploração do DigCompEdu e reflexão sobre a articulação entre as áreas de competência; à realização de atividades práticas de partilha, suportadas por um ambiente colaborativo; à exploração de ferramentas digitais para o desenvolvimento de atividades de aprendizagem promotoras da colaboração, comunicação e avaliação; à planificação e criação de atividades a implementar na escola, que promovam o desenvolvimento das CD docente e, simultaneamente, dos alunos; à reflexão crítica sobre o desenvolvimento profissional docente. Em específico, na componente de trabalho autónomo, pretende-se assegurar a implementação das atividades planificadas nas sessões presenciais, em situações reais de ensino-aprendizagem com alunos, articulando o DigCompEdu com o respetivo currículo, e a reflexão sobre as práticas desenvolvidas. Na última sessão, os formandos apresentarão os resultados dessas atividades, com evidências, proporcionando-se a discussão e a partilha.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Bibliografia

Comissão Europeia (2020). Blended learning in school education – guidelines for the start of the academic year 2020/21. Disponível em: https://www.schooleducationgateway.eu/pt/pub/resources/ publications/blended-learning-guidelines.htm Comissão Europeia (2018). Plano de Ação para a Educação Digital. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:52018DC0022&from=EN Lucas, M., & Moreira, A. (2018). DigCompEdu: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores. Aveiro: UA Editora. Licht, A.H, Tasiopoulou, E., & Wastiau, P. (2017). Open Book of Educational Innovation. European Schoolnet, Brussels. Disponível em: http://www.eun.org/documents/411753/817341/ Open_book_of_Innovational_Education.pdf Ministério da Educação (2017). Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Lisboa: ME

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 19-10-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
2 25-10-2021 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 27-10-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 03-11-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 09-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 16-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 23-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 06-12-2021 (Segunda-feira) 18:00 - 22:00 4:00 Online síncrona

Ref. 103T8 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-109946/20

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas

Início: 18-10-2021

Fim: 29-11-2021

Regime: Presencial

Local: On-line

Formador

Carla Alexandra Alegre Lopes

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira dos grupos 110, 120, 200, 210, 220, 230, 240, 250, 260, 290, 300, 310, 320, 330, 340, 350, 360, 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550, 560, 600, 610, 620, 910, 920, 930, TEC.ESP.. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1

Razões

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa contribuir para desenvolver as CD dos docentes do sistema educativo e formativo nacional (nível 2) e a sua capacidade para implementar estratégias inovadoras de ensino e de aprendizagem. Ambiciona-se criar condições favoráveis a práticas educativas que se revelem promotoras do desenvolvimento de competências digitais dos alunos. Conjuntamente com esta formação, serão submetidas outras duas, articuladas ao nível da progressão dos conteúdos.

Objetivos

Esta ação de formação pretende desenvolver com os docentes de nível 2 (B1/B2 do DigCompEdu) um conjunto de conhecimentos e estratégias que lhes permita desenvolver CD do nível seguinte (C1/C2 do DigCompEdu). São objetivos específicos: - promover o desenvolvimento, aprofundamento e densificação das CD dos docentes, tendo em vista as 6 áreas do referencial DigCompEdu; - capacitar os docentes para a realização de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino; - capacitar os docentes para a implementação de atividades que promovam a aprendizagem e o desenvolvimento das CD dos alunos; - estimular a reflexão, partilha e utilização crítica das tecnologias em contexto educativo.

Conteúdos

Os conteúdos da ação surgem, em sentido articulado e incremental, com os conteúdos da formação de nível 1. - Documentos de enquadramento das políticas educativas. - Envolvimento profissional: Discussão, renovação e inovação na prática profissional. Processos de liderança na era digital. - Recursos Educativos Digitais (RED): Utilização de estratégias e RED avançados de forma abrangente. Promoção da utilização de RED de forma colaborativa. - Ensino e Aprendizagem: Renovação da prática de ensino de forma estratégica e intencional. Inovação no processo de ensino e de aprendizagem em diferentes modalidades de ensino. - Avaliação das aprendizagens: Reflexão crítica sobre estratégias de avaliação digital. Inovação na avaliação das aprendizagens com recursos a soluções digitais. - CD dos Alunos: Promoção da CD dos alunos de forma abrangente e crítica. Inovação no envolvimento dos alunos utilizando formatos inovadores para promover a sua CD. - Planeamento da formação e aprendizagem ao longo da vida.

Metodologias

As sessões presenciais são destinadas à exploração do DigCompEdu e reflexão sobre a articulação entre as áreas de competência; à realização de atividades práticas de partilha, suportadas por um ambiente colaborativo; à exploração de ferramentas digitais para o desenvolvimento de atividades de aprendizagem promotoras da colaboração, comunicação e avaliação; à planificação e criação de atividades a implementar na escola, que promovam o desenvolvimento das CD docente e, simultaneamente, dos alunos; à reflexão crítica sobre o desenvolvimento profissional docente. Em específico, na componente de trabalho autónomo, pretende-se assegurar a implementação das atividades planificadas nas sessões presenciais, em situações reais de ensino-aprendizagem com alunos, articulando o DigCompEdu com o respetivo currículo, e a reflexão sobre as práticas desenvolvidas. Na última sessão, os formandos apresentarão os resultados dessas atividades, com evidências, proporcionando-se a discussão e a partilha.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Bibliografia

Comissão Europeia (2020). Blended learning in school education – guidelines for the start of the academic year 2020/21. Disponível em: https://www.schooleducationgateway.eu/pt/pub/resources/ publications/blended-learning-guidelines.htm Comissão Europeia (2018). Plano de Ação para a Educação Digital. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:52018DC0022&from=EN Lucas, M., & Moreira, A. (2018). DigCompEdu: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores. Aveiro: UA Editora. Licht, A.H, Tasiopoulou, E., & Wastiau, P. (2017). Open Book of Educational Innovation. European Schoolnet, Brussels. Disponível em: http://www.eun.org/documents/411753/817341/ Open_book_of_Innovational_Education.pdf Ministério da Educação (2017). Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Lisboa: ME

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 18-10-2021 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
2 20-10-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 25-10-2021 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 03-11-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 08-11-2021 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 15-11-2021 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 24-11-2021 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 29-11-2021 (Segunda-feira) 18:00 - 22:00 4:00 Online síncrona

Ref. 103T9 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-109946/20

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas

Início: 14-10-2021

Fim: 23-11-2021

Regime: Presencial

Local: On-line

Formador

Carla Alexandra Alegre Lopes

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira dos grupos 110, 120, 200, 210, 220, 230, 240, 250, 260, 290, 300, 310, 320, 330, 340, 350, 360, 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550, 560, 600, 610, 620, 910, 920, 930, TEC.ESP.. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1

Razões

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa contribuir para desenvolver as CD dos docentes do sistema educativo e formativo nacional (nível 2) e a sua capacidade para implementar estratégias inovadoras de ensino e de aprendizagem. Ambiciona-se criar condições favoráveis a práticas educativas que se revelem promotoras do desenvolvimento de competências digitais dos alunos. Conjuntamente com esta formação, serão submetidas outras duas, articuladas ao nível da progressão dos conteúdos.

Objetivos

Esta ação de formação pretende desenvolver com os docentes de nível 2 (B1/B2 do DigCompEdu) um conjunto de conhecimentos e estratégias que lhes permita desenvolver CD do nível seguinte (C1/C2 do DigCompEdu). São objetivos específicos: - promover o desenvolvimento, aprofundamento e densificação das CD dos docentes, tendo em vista as 6 áreas do referencial DigCompEdu; - capacitar os docentes para a realização de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino; - capacitar os docentes para a implementação de atividades que promovam a aprendizagem e o desenvolvimento das CD dos alunos; - estimular a reflexão, partilha e utilização crítica das tecnologias em contexto educativo.

Conteúdos

Os conteúdos da ação surgem, em sentido articulado e incremental, com os conteúdos da formação de nível 1. - Documentos de enquadramento das políticas educativas. - Envolvimento profissional: Discussão, renovação e inovação na prática profissional. Processos de liderança na era digital. - Recursos Educativos Digitais (RED): Utilização de estratégias e RED avançados de forma abrangente. Promoção da utilização de RED de forma colaborativa. - Ensino e Aprendizagem: Renovação da prática de ensino de forma estratégica e intencional. Inovação no processo de ensino e de aprendizagem em diferentes modalidades de ensino. - Avaliação das aprendizagens: Reflexão crítica sobre estratégias de avaliação digital. Inovação na avaliação das aprendizagens com recursos a soluções digitais. - CD dos Alunos: Promoção da CD dos alunos de forma abrangente e crítica. Inovação no envolvimento dos alunos utilizando formatos inovadores para promover a sua CD. - Planeamento da formação e aprendizagem ao longo da vida.

Metodologias

As sessões presenciais são destinadas à exploração do DigCompEdu e reflexão sobre a articulação entre as áreas de competência; à realização de atividades práticas de partilha, suportadas por um ambiente colaborativo; à exploração de ferramentas digitais para o desenvolvimento de atividades de aprendizagem promotoras da colaboração, comunicação e avaliação; à planificação e criação de atividades a implementar na escola, que promovam o desenvolvimento das CD docente e, simultaneamente, dos alunos; à reflexão crítica sobre o desenvolvimento profissional docente. Em específico, na componente de trabalho autónomo, pretende-se assegurar a implementação das atividades planificadas nas sessões presenciais, em situações reais de ensino-aprendizagem com alunos, articulando o DigCompEdu com o respetivo currículo, e a reflexão sobre as práticas desenvolvidas. Na última sessão, os formandos apresentarão os resultados dessas atividades, com evidências, proporcionando-se a discussão e a partilha.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Bibliografia

Comissão Europeia (2020). Blended learning in school education – guidelines for the start of the academic year 2020/21. Disponível em: https://www.schooleducationgateway.eu/pt/pub/resources/ publications/blended-learning-guidelines.htm Comissão Europeia (2018). Plano de Ação para a Educação Digital. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:52018DC0022&from=EN Lucas, M., & Moreira, A. (2018). DigCompEdu: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores. Aveiro: UA Editora. Licht, A.H, Tasiopoulou, E., & Wastiau, P. (2017). Open Book of Educational Innovation. European Schoolnet, Brussels. Disponível em: http://www.eun.org/documents/411753/817341/ Open_book_of_Innovational_Education.pdf Ministério da Educação (2017). Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Lisboa: ME

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 14-10-2021 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
2 19-10-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 26-10-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 28-10-2021 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 02-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 09-11-2021 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 11-11-2021 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 23-11-2021 (Terça-feira) 18:00 - 22:00 4:00 Online síncrona

Ref. 107T1 Em avaliação

Registo de acreditação: ACD-CFAE_G1-05/2021

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 13-09-2021

Fim: 15-09-2021

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária c/3º CEB de Gouveia

Formador

Helena Maria Daniel de Melo Carvalho

Stela da Costa Gabriel Sequeira

Destinatários

Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira dos grupos 110, 120, 200, 210, 220, 230, 240, 250, 260, 290, 300, 310, 320, 330, 340, 350, 360, 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550, 560, 600, 610, 620, 910, 920, 930. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1 / Agrupamento de Escolas de Gouveia

Razões

Esta ACD surge da necessidade de reflexão e articulação das práticas e procedimentos em termos de Ensino, Aprendizagem e Avaliação, considerando os Critérios Gerais de Avaliação / Classificação do Agrupamento de Escolas de Gouveia e os Critérios Específicos das várias áreas disciplinares, considerando os seguintes aspetos: - Refletir acerca das práticas dos docentes na aplicação do Critérios de Avaliação; - Atualizar o conhecimento teórico-prático sobre o Ensino, a Aprendizagem e a Avaliação; - Debater os processos de recolha de informação específicos; - Especificar as atitudes gerais a avaliar no âmbito de cada área disciplinar; - Relacionar Aprendizagens Essenciais (Conhecimentos, Capacidades e Atitudes) com as Competências e as ações estratégicas a promover - Diversificar as ações estratégicas de Ensino - Aprendizagem - Avaliação - Melhorar as práticas de Ensino - Aprendizagem - Avaliação.

Conteúdos

Breve Enquadramento: a) reflexão acerca da aplicação dos Critérios de Avaliação (Gerais e Específicos) no ano letivo anterior; b) análise dos resultados do Inquérito MAIA. - Análise dos Critérios Gerais de Avaliação do Agrupamento de Escolas de Gouveia para o ano letivo 2021-22; - Sugestões para os Critérios Específicos para o ano letivo 2021-22; - Avaliação das atitudes e valores no âmbito das atividades e tarefas e a aplicação de Rubricas; - Processos de recolha de informação: diversidade e âmbito; - Práticas de Ensino - Aprendizagem - Avaliação por competências: exemplificação de atividades, tarefas, materiais e construção de processos de recolha de informação (Rubricas).

Anexo

Cartaz_Divulgação_ACD_Boas_Práticas_de_Ensino_-_Aprendizagem_-_Avaliação.pdf

Observações

Despacho n.º 5741/2015, de 29 de maio - Esta formação enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014, de 11 de fevereiro.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 13-09-2021 (Segunda-feira) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
2 15-09-2021 (Quarta-feira) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial

Ref. 106T2 Em avaliação

Registo de acreditação: ACD-CFAE_G1-04/2021

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 10-09-2021

Fim: 10-09-2021

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária/3 Gonçalo Anes Bandarra - Trancoso

Formador

Helena Maria Daniel de Melo Carvalho

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Despacho n.º 5741/.2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação deformação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014

Acreditado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1 / Agrupamento de Escolas de Trancoso

Razões

A avaliação pedagógica tem assumido uma centralidade inegável nas políticas educativas e curriculares, com efeitos concretos nas práticas de ensino e aprendizagem, designadamente na promoção do “sucesso escolar”. A publicação do Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho, consagra mudanças significativas ao nível do currículo, assumindo um dos seus princípios orientadores: a “afirmação da avaliação das aprendizagens como parte integrante da gestão do currículo enquanto instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens”. Refere ainda o caráter formativo da avaliação pedagógica como um dos pilares da melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem. Importa, pois, que os professores consolidem estas mudanças de modo contextualizado e que aprofundem competências e conhecimentos inerentes ao processo de avaliação das aprendizagens, nomeadamente, através de desenvolvimento de projetos pedagógicos e didáticos em torno de práticas de avaliação formativa, feedback e participação, critérios de avaliação e processos de recolha de informação. Foi com este objetivo que o Ministério da Educação decidiu avançar com o Projeto MAIA, coordenado pelo Professor Domingos Fernandes, cujo propósito mais fundamental é contribuir para melhorar os processos de ensino, de aprendizagem e de avaliação pedagógica e, desta forma, desenvolver as ações que se impõem para que os alunos aprendam mais e melhor, com mais compreensão e com mais profundidade. A realização desta Ação de Curta Duração tem, pois, como principal fundamento a sensibilização/mobilização dos professores dos agrupamentos de escolas proponentes para a adesão ao Projeto MAIA, com o qual se pretende capacitar e apoiar os docentes para a construção dos recursos inovadores necessários e ajustados aos seus contextos educativos específicos.

Conteúdos

1. Objetivos, organização e relevância do Projeto MAIA; 2. Natureza e fundamentos da avaliação; 3. Processos de avaliação pedagógica: 3.1. Práticas de avaliação pedagógica (formativa e sumativa); 3.2. Feedback: natureza, distribuição e utilização pelos alunos e professores; 3.3. Aprendizagens Essenciais, critérios de avaliação, descrição de níveis de desempenho e Standards; 3.4. Processos de recolha de informação.

Anexo

Cartaz_Divulgação__ACD__Sensibilização_ao_Projeto_MAIA___.pdf

Observações

Despacho n.º 5741/2015, de 29 de maio - Esta formação enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014, de 11 de fevereiro.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 10-09-2021 (Sexta-feira) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
2 10-09-2021 (Sexta-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial

Ref. 106T1 Em avaliação

Registo de acreditação: ACD-CFAE_G1-04/2021

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 08-09-2021

Fim: 08-09-2021

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária/3 Gonçalo Anes Bandarra - Trancoso

Formador

Helena Maria Daniel de Melo Carvalho

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Despacho n.º 5741/.2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação deformação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014

Acreditado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1 / Agrupamento de Escolas de Trancoso

Razões

A avaliação pedagógica tem assumido uma centralidade inegável nas políticas educativas e curriculares, com efeitos concretos nas práticas de ensino e aprendizagem, designadamente na promoção do “sucesso escolar”. A publicação do Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho, consagra mudanças significativas ao nível do currículo, assumindo um dos seus princípios orientadores: a “afirmação da avaliação das aprendizagens como parte integrante da gestão do currículo enquanto instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens”. Refere ainda o caráter formativo da avaliação pedagógica como um dos pilares da melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem. Importa, pois, que os professores consolidem estas mudanças de modo contextualizado e que aprofundem competências e conhecimentos inerentes ao processo de avaliação das aprendizagens, nomeadamente, através de desenvolvimento de projetos pedagógicos e didáticos em torno de práticas de avaliação formativa, feedback e participação, critérios de avaliação e processos de recolha de informação. Foi com este objetivo que o Ministério da Educação decidiu avançar com o Projeto MAIA, coordenado pelo Professor Domingos Fernandes, cujo propósito mais fundamental é contribuir para melhorar os processos de ensino, de aprendizagem e de avaliação pedagógica e, desta forma, desenvolver as ações que se impõem para que os alunos aprendam mais e melhor, com mais compreensão e com mais profundidade. A realização desta Ação de Curta Duração tem, pois, como principal fundamento a sensibilização/mobilização dos professores dos agrupamentos de escolas proponentes para a adesão ao Projeto MAIA, com o qual se pretende capacitar e apoiar os docentes para a construção dos recursos inovadores necessários e ajustados aos seus contextos educativos específicos.

Conteúdos

1. Objetivos, organização e relevância do Projeto MAIA; 2. Natureza e fundamentos da avaliação; 3. Processos de avaliação pedagógica: 3.1. Práticas de avaliação pedagógica (formativa e sumativa); 3.2. Feedback: natureza, distribuição e utilização pelos alunos e professores; 3.3. Aprendizagens Essenciais, critérios de avaliação, descrição de níveis de desempenho e Standards; 3.4. Processos de recolha de informação.

Anexo

Cartaz_Divulgação__ACD__Sensibilização_ao_Projeto_MAIA___.pdf

Observações

Despacho n.º 5741/2015, de 29 de maio - Esta formação enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014, de 11 de fevereiro.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 08-09-2021 (Quarta-feira) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
2 08-09-2021 (Quarta-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial

Ref. 108T1 Em avaliação

Registo de acreditação: ACD-CFAE_G1-06/2021

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 06-09-2021

Fim: 06-10-2021

Regime: Presencial

Local: Escola Básica Dr. Guilherme Correia de Carvalho

Formador

Maria Antonieta Alves Garcia Nunes

Destinatários

Educadores de Infância; Professores de todos os grupos de recrutamento;

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores de todos os grupos de recrutamento; .Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores de todos os grupos de recrutamento; .

Acreditado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1 / Agrupamento de Escolas Dr. Guilherme Correia de Carvalho

Razões

A Escola tem também a missão adicional de promover abordagens diferentes no ensino do Inglês de forma a que os nossos alunos sejam capazes de ir ao encontro das necessidades dos nossos dias. Pretende-se partilhar estratégias e dinâmicas de ensino e aprendizagem, focados nos alunos, que alavancam o seu conhecimento e autonomia.

Conteúdos

1. A abordagem CLIL. 2. metodologias CLIL. 3. Princípios sobre planificação CLIL. 4. Monitorizar e avaliar CLIL. Planificar e apresentar uma aula CLIL. Aplicar a estratégia Seesaw.

Observações

Despacho n.º 5741/2015, de 29 de maio - Esta formação enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação de formação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014, de 11 de fevereiro.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 06-09-2021 (Segunda-feira) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
2 06-09-2021 (Segunda-feira) 14:00 - 17:00 3:00 Presencial

Ref. 105T1 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-111952/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 13.0 horas

Início: 03-09-2021

Fim: 04-09-2021

Regime: Presencial

Local: Casa Municipal da Cultura de Seia

Formador

Maria Alcina Rodrigues Correia

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1 e Rede de Bibliotecas Escolares e Municipais de Seia (RBEMS).

Razões

A leitura assume um papel relevante no que concerne às preocupações dos docentes e órgãos de poder central. O seu domínio com mestria é indispensável quer aos alunos quer ao cidadão em geral. As mudanças trazidas pela autonomia e flexibilidade curriculares, as disposições dos Decretos Lei n.º 55/2018 de 6 de julho e n.º 54/2018 de 6 de julho e a Resolução do Conselho de Ministros n.º 30/2020 reforçam uma nova dimensão às funções tradicionais das bibliotecas, exigindo dos professores bibliotecários e das equipas das bibliotecas um trabalho acrescido na gestão da informação e formação dos utilizadores, acrescido também das questões relacionadas com a transição digital das escolas, elaboração e monitorização dos PADD. Esta formação pretende fornecer aos docentes perspetivas atuais do conhecimento sobre as questões da leitura e da literacia, numa sociedade em que a leitura e o paradigma digital estão cada vez mais interligados.

Objetivos

- Enquadrar a ação no trabalho concelhio desenvolvido pela Rede de Bibliotecas Escolares e Municipais de Seia (RBEMS). - Partilhar “boas práticas” da RBEMS. - Reforçar o papel da Biblioteca Escolar no apoio ao Plano de Ação Estratégico para Promoção do Sucesso Escolar e da transição digital - Refletir sobre o papel das bibliotecas escolares como espaços inovadores de aprendizagem e formação no domínio da leitura, das literacias e infraestruturas básicas de apoio ao currículo. - Responder aos desafios e exigências colocados à escola e ao ensino pela sociedade do conhecimento, relacionando-os com a emergência de novas literacias. - Trabalhar competências que permitam aos utilizadores o uso de ferramentas e recursos de aprendizagem, através de experiências colaborativas de planificação, ensino e avaliação com a biblioteca escolar.

Conteúdos

• Painéis (decorrerão em sala, em grande grupo, em dois dias distintos) ▪ Abertura formal da ação de formação: - Apresentação dos objetivos, das metodologias, dos instrumentos e critérios de avaliação. Painel 1: (1 hora) – A Biblioteca Escolar como um espaço de Cidadania ativa. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 2 (1,5 hora): Literacia dos media: nem tudo o que sabemos é verdade Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 3 (1 hora): Deambulando pelas estórias Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Carlos (Nelas) Painel 4 (1,5 horas): Gamificação: nova forma de estar no ensino Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 5 (1,5 hora): etwinning: projetos de trabalho colaborativo Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 6: (1 hora) – A leitura como motor de todas as aprendizagens. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 7 (1 horas): Ensinar a geração do e-caderno. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 8: (1 hora) – Escreviler Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 9: (1 hora) – Pegada digital e comportamentos de riscos. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 10: (1,5 hora) – A Biblioteca Escolar como um recurso de apoio às aprendizagens. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 11: (1 hora) – À conversa com… Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Sessão de encerramento

Metodologias

Estas Jornadas irão decorrer na modalidade de “curso de formação”, considerada uma modalidade de formação contínua com uma função global de aquisição de conhecimentos, atualização, alargamento e aprofundamento de conhecimentos científicos e pedagógico-didáticos, bem como de competências profissionais especializadas por parte dos professores, no sentido de desenvolver a autoformação e a inovação educacional. As sessões estruturam-se em painéis, perfazendo um total de 13 horas de formação. Haverá sessões essencialmente teóricas e reflexivas (painéis) centradas na apresentação e discussão de temas relacionados com diferentes literacias, nomeadamente a digital, a aprendizagem das mesmas e as dificuldades que possam surgir no percurso. Todas as sessões terão um conjunto de formadores, devidamente acreditados, que assegurarão o cumprimento de todos os processos necessários à avaliação dos participantes. Estas Jornadas estarão abertas à participação de docentes que poderão não desejar a acreditação, ficando apenas com um certificado de presença.

Avaliação

Para além do cumprimento das determinações legais, a avaliação dos formandos terá por base a qualidade e adequação dos materiais pedagógicos produzidos, sendo formalizada numa escala de classificação quantitativa de 1 a 10 valores de acordo com a regulamentação em vigor (Cartas Circulares do CCPFC e Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio), no cumprimento das determinações legais.

Bibliografia

PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Aprender com a biblioteca escolar[Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2018] Disponível em: http://www.rbe.mec.pt/np4/file/1906/referencial_2017.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Biblioteca Escolar e trabalho colaborativo[Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2018] Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/1286/bibliotecarbe6.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Estratégia: a alavanca da biblioteca escolar [Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2018] Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/1421/bibliotecarbe7.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Fazer leitores na era digital: o contributo da biblioteca escolar [Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2017] Disponível em: http://rbe.mec.pt/np4/file/1490/bibliotecarbe8.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Bibliotecas escolares gestão, desenvolvimento e curadoria de coleções na era digital [Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-01-2019] Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/2210/978_989_8795_11_3.pdf

Anexo

Folheto_Divulgação_Ação_Leiturs_.pdf

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 03-09-2021 (Sexta-feira) 10:00 - 12:30 2:30 Presencial
2 03-09-2021 (Sexta-feira) 14:30 - 18:30 4:00 Presencial
3 04-09-2021 (Sábado) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
4 04-09-2021 (Sábado) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial

Ref. 105T2 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-111952/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 13.0 horas

Início: 03-09-2021

Fim: 04-09-2021

Regime: Presencial

Local: Casa Municipal da Cultura de Seia

Formador

Liliana Manuela Cruz Melo

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1 e Rede de Bibliotecas Escolares e Municipais de Seia (RBEMS).

Razões

A leitura assume um papel relevante no que concerne às preocupações dos docentes e órgãos de poder central. O seu domínio com mestria é indispensável quer aos alunos quer ao cidadão em geral. As mudanças trazidas pela autonomia e flexibilidade curriculares, as disposições dos Decretos Lei n.º 55/2018 de 6 de julho e n.º 54/2018 de 6 de julho e a Resolução do Conselho de Ministros n.º 30/2020 reforçam uma nova dimensão às funções tradicionais das bibliotecas, exigindo dos professores bibliotecários e das equipas das bibliotecas um trabalho acrescido na gestão da informação e formação dos utilizadores, acrescido também das questões relacionadas com a transição digital das escolas, elaboração e monitorização dos PADD. Esta formação pretende fornecer aos docentes perspetivas atuais do conhecimento sobre as questões da leitura e da literacia, numa sociedade em que a leitura e o paradigma digital estão cada vez mais interligados.

Objetivos

- Enquadrar a ação no trabalho concelhio desenvolvido pela Rede de Bibliotecas Escolares e Municipais de Seia (RBEMS). - Partilhar “boas práticas” da RBEMS. - Reforçar o papel da Biblioteca Escolar no apoio ao Plano de Ação Estratégico para Promoção do Sucesso Escolar e da transição digital - Refletir sobre o papel das bibliotecas escolares como espaços inovadores de aprendizagem e formação no domínio da leitura, das literacias e infraestruturas básicas de apoio ao currículo. - Responder aos desafios e exigências colocados à escola e ao ensino pela sociedade do conhecimento, relacionando-os com a emergência de novas literacias. - Trabalhar competências que permitam aos utilizadores o uso de ferramentas e recursos de aprendizagem, através de experiências colaborativas de planificação, ensino e avaliação com a biblioteca escolar.

Conteúdos

• Painéis (decorrerão em sala, em grande grupo, em dois dias distintos) ▪ Abertura formal da ação de formação: - Apresentação dos objetivos, das metodologias, dos instrumentos e critérios de avaliação. Painel 1: (1 hora) – A Biblioteca Escolar como um espaço de Cidadania ativa. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 2 (1,5 hora): Literacia dos media: nem tudo o que sabemos é verdade Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 3 (1 hora): Deambulando pelas estórias Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Carlos (Nelas) Painel 4 (1,5 horas): Gamificação: nova forma de estar no ensino Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 5 (1,5 hora): etwinning: projetos de trabalho colaborativo Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 6: (1 hora) – A leitura como motor de todas as aprendizagens. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 7 (1 horas): Ensinar a geração do e-caderno. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 8: (1 hora) – Escreviler Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 9: (1 hora) – Pegada digital e comportamentos de riscos. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 10: (1,5 hora) – A Biblioteca Escolar como um recurso de apoio às aprendizagens. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 11: (1 hora) – À conversa com… Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Sessão de encerramento

Metodologias

Estas Jornadas irão decorrer na modalidade de “curso de formação”, considerada uma modalidade de formação contínua com uma função global de aquisição de conhecimentos, atualização, alargamento e aprofundamento de conhecimentos científicos e pedagógico-didáticos, bem como de competências profissionais especializadas por parte dos professores, no sentido de desenvolver a autoformação e a inovação educacional. As sessões estruturam-se em painéis, perfazendo um total de 13 horas de formação. Haverá sessões essencialmente teóricas e reflexivas (painéis) centradas na apresentação e discussão de temas relacionados com diferentes literacias, nomeadamente a digital, a aprendizagem das mesmas e as dificuldades que possam surgir no percurso. Todas as sessões terão um conjunto de formadores, devidamente acreditados, que assegurarão o cumprimento de todos os processos necessários à avaliação dos participantes. Estas Jornadas estarão abertas à participação de docentes que poderão não desejar a acreditação, ficando apenas com um certificado de presença.

Avaliação

Para além do cumprimento das determinações legais, a avaliação dos formandos terá por base a qualidade e adequação dos materiais pedagógicos produzidos, sendo formalizada numa escala de classificação quantitativa de 1 a 10 valores de acordo com a regulamentação em vigor (Cartas Circulares do CCPFC e Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio), no cumprimento das determinações legais.

Bibliografia

PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Aprender com a biblioteca escolar[Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2018] Disponível em: http://www.rbe.mec.pt/np4/file/1906/referencial_2017.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Biblioteca Escolar e trabalho colaborativo[Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2018] Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/1286/bibliotecarbe6.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Estratégia: a alavanca da biblioteca escolar [Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2018] Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/1421/bibliotecarbe7.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Fazer leitores na era digital: o contributo da biblioteca escolar [Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2017] Disponível em: http://rbe.mec.pt/np4/file/1490/bibliotecarbe8.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Bibliotecas escolares gestão, desenvolvimento e curadoria de coleções na era digital [Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-01-2019] Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/2210/978_989_8795_11_3.pdf

Anexo

Folheto_Divulgação_Ação_Leiturs_.pdf

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 03-09-2021 (Sexta-feira) 10:00 - 12:30 2:30 Presencial
2 03-09-2021 (Sexta-feira) 14:30 - 18:30 4:00 Presencial
3 04-09-2021 (Sábado) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
4 04-09-2021 (Sábado) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial

Ref. 105T3 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-111952/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 13.0 horas

Início: 03-09-2021

Fim: 04-09-2021

Regime: Presencial

Local: Casa Municipal da Cultura de Seia

Formador

Isabel Cristina Rodrigues dos Santos Albuquerque

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no nº 1 do artigo 8º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva a progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação da Associação de Escolas Guarda-1 e Rede de Bibliotecas Escolares e Municipais de Seia (RBEMS).

Razões

A leitura assume um papel relevante no que concerne às preocupações dos docentes e órgãos de poder central. O seu domínio com mestria é indispensável quer aos alunos quer ao cidadão em geral. As mudanças trazidas pela autonomia e flexibilidade curriculares, as disposições dos Decretos Lei n.º 55/2018 de 6 de julho e n.º 54/2018 de 6 de julho e a Resolução do Conselho de Ministros n.º 30/2020 reforçam uma nova dimensão às funções tradicionais das bibliotecas, exigindo dos professores bibliotecários e das equipas das bibliotecas um trabalho acrescido na gestão da informação e formação dos utilizadores, acrescido também das questões relacionadas com a transição digital das escolas, elaboração e monitorização dos PADD. Esta formação pretende fornecer aos docentes perspetivas atuais do conhecimento sobre as questões da leitura e da literacia, numa sociedade em que a leitura e o paradigma digital estão cada vez mais interligados.

Objetivos

- Enquadrar a ação no trabalho concelhio desenvolvido pela Rede de Bibliotecas Escolares e Municipais de Seia (RBEMS). - Partilhar “boas práticas” da RBEMS. - Reforçar o papel da Biblioteca Escolar no apoio ao Plano de Ação Estratégico para Promoção do Sucesso Escolar e da transição digital - Refletir sobre o papel das bibliotecas escolares como espaços inovadores de aprendizagem e formação no domínio da leitura, das literacias e infraestruturas básicas de apoio ao currículo. - Responder aos desafios e exigências colocados à escola e ao ensino pela sociedade do conhecimento, relacionando-os com a emergência de novas literacias. - Trabalhar competências que permitam aos utilizadores o uso de ferramentas e recursos de aprendizagem, através de experiências colaborativas de planificação, ensino e avaliação com a biblioteca escolar.

Conteúdos

• Painéis (decorrerão em sala, em grande grupo, em dois dias distintos) ▪ Abertura formal da ação de formação: - Apresentação dos objetivos, das metodologias, dos instrumentos e critérios de avaliação. Painel 1: (1 hora) – A Biblioteca Escolar como um espaço de Cidadania ativa. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 2 (1,5 hora): Literacia dos media: nem tudo o que sabemos é verdade Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 3 (1 hora): Deambulando pelas estórias Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Carlos (Nelas) Painel 4 (1,5 horas): Gamificação: nova forma de estar no ensino Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 5 (1,5 hora): etwinning: projetos de trabalho colaborativo Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 6: (1 hora) – A leitura como motor de todas as aprendizagens. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 7 (1 horas): Ensinar a geração do e-caderno. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 8: (1 hora) – Escreviler Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 9: (1 hora) – Pegada digital e comportamentos de riscos. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 10: (1,5 hora) – A Biblioteca Escolar como um recurso de apoio às aprendizagens. Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Painel 11: (1 hora) – À conversa com… Formador responsável: Formadores acreditados pelo CCPFC Dinamizador: a designar Sessão de encerramento

Metodologias

Estas Jornadas irão decorrer na modalidade de “curso de formação”, considerada uma modalidade de formação contínua com uma função global de aquisição de conhecimentos, atualização, alargamento e aprofundamento de conhecimentos científicos e pedagógico-didáticos, bem como de competências profissionais especializadas por parte dos professores, no sentido de desenvolver a autoformação e a inovação educacional. As sessões estruturam-se em painéis, perfazendo um total de 13 horas de formação. Haverá sessões essencialmente teóricas e reflexivas (painéis) centradas na apresentação e discussão de temas relacionados com diferentes literacias, nomeadamente a digital, a aprendizagem das mesmas e as dificuldades que possam surgir no percurso. Todas as sessões terão um conjunto de formadores, devidamente acreditados, que assegurarão o cumprimento de todos os processos necessários à avaliação dos participantes. Estas Jornadas estarão abertas à participação de docentes que poderão não desejar a acreditação, ficando apenas com um certificado de presença.

Avaliação

Para além do cumprimento das determinações legais, a avaliação dos formandos terá por base a qualidade e adequação dos materiais pedagógicos produzidos, sendo formalizada numa escala de classificação quantitativa de 1 a 10 valores de acordo com a regulamentação em vigor (Cartas Circulares do CCPFC e Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio), no cumprimento das determinações legais.

Bibliografia

PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Aprender com a biblioteca escolar[Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2018] Disponível em: http://www.rbe.mec.pt/np4/file/1906/referencial_2017.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Biblioteca Escolar e trabalho colaborativo[Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2018] Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/1286/bibliotecarbe6.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Estratégia: a alavanca da biblioteca escolar [Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2018] Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/1421/bibliotecarbe7.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Fazer leitores na era digital: o contributo da biblioteca escolar [Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-10-2017] Disponível em: http://rbe.mec.pt/np4/file/1490/bibliotecarbe8.pdf PORTUGAL. Ministério da Educação e Ciência. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Bibliotecas escolares gestão, desenvolvimento e curadoria de coleções na era digital [Em linha]. Lisboa: RBE, [Consult.28-01-2019] Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/2210/978_989_8795_11_3.pdf

Anexo

Folheto_Divulgação_Ação_Leiturs_.pdf

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo
1 03-09-2021 (Sexta-feira) 10:00 - 12:30 2:30 Presencial
2 03-09-2021 (Sexta-feira) 14:30 - 18:30 4:00 Presencial
3 04-09-2021 (Sábado) 09:00 - 12:00 3:00 Presencial
4 04-09-2021 (Sábado) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial

Não existem ações.